dissabte, 25 de juliol de 2009

Paciència/ Paciência

Por que as músicas brasileiras são tão certas?!

divendres, 24 de juliol de 2009

Tempo

Ha mais de oito meses. Há esse tempo que conheci o S. Já quase tudo passou conosco. Desde a deseperação, passando pelo "pior não pode ir", até o mais lindo que pode acontecer a dois garotos .

E parece que definitivamente vai embora. Mais além do Atlântico e longe demais de mim. Compreendo as razões, não têm contestação. Compreendo ele, e ele sabe. Mas fico com raiva, também é legítima, tô triste.

Entre ele e eu podem faltar só dias (coisa mais difícil de engolir!). Como antes só faltaram semanas, meses, tempo, uma delícia partilhar com ele.

Já fizemos antes um caminho. Chegamos lá mais fortes do que antes, e mais perto o um do outro do que é difícil imaginar. Este outro caminho de agora ainda não chegou ao destino e tem diante planos e coordenadas múltiples que superar. Quem sabe.

Uma música que chegou como regalo, falava: mais nada vai conseguir mudar o que passou, quando eu penso em alguém só penso em você, e então aí estamos bem...

Penso. Choro. Sorrio. Tô.

D.